Espalhe por ai:

O Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, o Presidente do Ibama Eduardo Bim e mais 9 pessoas, são alvo de uma investigação da Polícia Federal que investiga exportação de madeira ilegal para Europa.
A operação foi autorizada pelo Ministro do STF Alexandre de Moras, que ainda determinou a quebra dos sigilos fiscal e bancários de Sales e de Eduardo Bim. Alexandre de Moraes ainda determinou a suspensão imediata de um despacho que autorizava exportação de produtos florestais sem a necessidade de emissão de autorizações de exportação.

Segundo a Polícia Federal: “Estima-se que o referido despacho, elaborado a pedido de empresas que tiveram cargas não licenciadas apreendidas nos EUA e Europa, resultou na regularização de mais de 8 mil cargas de madeira exportadas ilegalmente entre os anos de 2019 e 2020”. A operação conta com 160 policiais federais que cumprem 35 mandados no Distrito Federal, no Pará e em São Paulo, incluindo endereços residenciais do ministro Salles em São Paulo, no funcional em Brasília e no gabinete da pasta no Pará.

As defesas dos investigados ainda não se manifestou sobre a operação.

Espalhe por ai: