Espalhe por ai:

Na manha desta terça-feira, menos de 24h após o juiz da 2º vara federal Charles determinar que o senado impeça a escolha de Renan Calheiros (MDB-AL) de ser escolhido relator da CPI da COVID, O TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) revogou a decisão de primeira instância que impedia a indicação do senador Renan Calheiros (MDB-AL) para a relatoria da CPI da Covid-19.

A sessão de instalação da CPI acontece na manhã de hoje (27) e deverá escolher o Senador Omar Aziz(PSD-AM) como presidente e deverá ter o Senador Renan Calheiros escolhido como relator, além de Randolfe Rodrigues como vice presidente.

“Ante o exposto, defiro o pedido de suspender, liminarmente os efeitos da decisão proferido pelo juízo da segunda vara federal civil da seção judiciaria do distrito federal”, determinou o Desembargador Federal Francisco de Assis Betti, vice-presidente no exercício da Presidência do TRF-1

Espalhe por ai: